As Estratégias de Marketing Aplicadas ao Setor Cinematográfico: o exemplo de Cinquenta tons de cinza

Barbara Regina Lopes Costa, Ricardo Zani, Tayra Ribeiro Gomes

Resumo


O presente artigo tem por objetivo identificar e discutir as estratégias de marketing utilizadas pelo setor cinematográfico hollywoodiano realizando uma análise sobre o lançamento do filme Cinquenta tons de cinza, distribuído pela Universal Pictures no ano de 2015. Os resultados obtidos evidenciam a importância do marketing voltado para os lançamentos de filmes e ressaltam que um marketing cinematográfico bem planejado influencia diretamente no impacto do filme.


Texto completo:

PDF

Referências


BITTENCOURT, Gustavo Henrique Ferreira. Estratégias Publicitárias Cinematográficas: a influência dos cartazes. In: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação na Região Nordeste, 2011, Maceió. Anais... Maceió: Intercom, 2011. p. 1 – 15.

CARDOSO, Taira Caroline Assumpção. Quando a produção e a recepção se entrelaçam: Um estudo de caso do fenômeno literário Cinquenta Tons de Cinza. 2013. 84 f. Monografia (apresentada ao final do curso de graduação bacharel em Comunicação Social – Relações Públicas) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

CARLOS, Gabriella Marinho Ribas. A inserção das marcas em filmes cinematográficos: Merchandising e roteiro de filme. 2009. 29 f. Monografia (apresentada ao final do curso de graduação bacharel em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda) Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas, Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2009.

GUIRRA, Luiz. Cinquenta Tons de Cinza leva 1,7 milhão de pessoas ao cinema no primeiro fim de semana. Disponível em: . Acesso em: 19/10/2015.

GUSMÃO, Francilene Monteiro. Marketing Promocional para cinema. 2006. 35 f. Monografia (apresentada ao final do curso de graduação bacharel em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda) Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas – FASA, Centro Universitáriode Brasília – UniCEUB.

IUVA, Patricia de Oliveira. A convergência da publicidade e do cinema na estratégia contratual do trailer cinematográfico. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, XXX, 2007, São Leopoldo. Anais... São Leopoldo: Intercom, 2007. p. 1 -14.

IUVA, Patricia de Oliveira. Reinventando o trailer, In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, XXXII, 2009, Curitiba. Anais... Curitiba: Intercom, 2009. p. 1 – 14.

KUAZAQUI, Edmir. Marketing cinematográfico e de games. São Paulo: Cengage Learning, 2015.

LEITÃO, Gustavo. Cinquenta Tons de Cinza tem quinta- feira recorde. 2015. Disponível em: < http://www.filmeb.com.br/noticias/exibicao-distribuicao/cinquenta-tons-tem-quinta-feira-recorde>. Acesso em: 21/10/2015.

MACHADO, Sandra. O que o cidadão Kane tem a ver com a Rainha Cristina? A economia e Política dos Estereótipos de Gênero no Cinema de Hollywood. Revista Comunicação e Informação, Brasília, v. 11, n. 2, p. 240-260, jul./dez. 2008.

MARAFON, Renato. Cinquenta Tons de Cinza. Disponível em: . Acesso em: 20/10/2015.

O GLOBO. '50 tons de cinza' ultrapassa a marca de 100 milhões de cópias vendidas. Publicado em: 26/02/2014. Disponível em: https://oglobo.globo.com/cultura/50-tons-de-cinza-ultrapassa-marca-de-100-milhoes-de-copias-vendidas-11727715#ixzz5ItBO8vxd. Acesso em: 19 jun. 2018.

PERES, Clarice; BITENCOURT, Laís; COVALESKI, Rogério. A transformação da cultura em produto: como cinema e mercado editorial dialogam entre si dentro dessa lógica. 2012. 11 f. Monografia (Especialização) - Curso de Publicidade e Propaganda, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Pe, Recife, 2012. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2015.

PORTAL 50 TONS. 50 Tons de 2014. Disponível em: . Acesso em: 17/08/2015.

PRIDE, William M.; FERRELL, O. C. Marketing: conceitos e estratégias. 11. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2001.

PROPMARK. Universal Pictures faz campanha para divulgar Cinquenta Tons de Cinza. Disponível em:. Acesso em: 20/10/2015.

QUINTANA, Haenz Gutiérrez. Marketing de cinema: A promoção de filmes na era digital. 2005. 164 f. Tese (Pós-graduação em multimeios), Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, 2005.

QUINTANA, Haenz Gutiérrez. O trailer no sistema de marketing de cinema: À procura do quinto elemento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, XXVI, 2003, Belo Horizonte. Anais... . Belo Horizonte: Intercom, 2003. p. 1 – 13.

RODRIGUES, Tayra; ANDRADE, Josmar. Marketing e Cinema Nacional: Estudo de caso de estratégias para o produto “Meu Nome não é Johnny”. 2010. 16 f. Monografia (Especialização) - Curso de Administração, USP, São Paulo, 2010. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2015.

SANTOS, Susana. A maçã de Eva: formas de conjugalidade no cinema português contemporâneo. CIES – ISCTE, 2009.

SANTOS, Claudia Melissa Neves dos. Trailer: Cinema e publicidade no mesmo rolo. Um estudo do trailer e o movie marketing ilustrado pela campanha de lançamento do filme Cidade de Deus. 2004. F. Dissertação (Mestrado em Comunicação) UFF, 2004.

TAVARES, Ingrid. A história do Cinema. Disponível em: Acesso em: 31/03/2015.

TZIRULNIK, T. Não existe mais cinema nacional. Disponível em: Acesso dia 02/04/2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O Caderno Profissional de Marketing Unimep (CPMark), Qualis B3, ISSN 2317-6466, está presente nos seguintes indexadores: 

 

 

 

 

Flag Counter